Yoga Para Séniores

Os séniores, beneficiam com  a prática do Yoga  prevenindo as consequências do ante e pós, andro e menopausa.

 

 

Sabia que o Yoga ajuda a prevenir as quedas que se acentuam com a idade?

Treinando o equilíbrio (com as disciplinas Ásana e concentração), exercitando as articulações dos pés, joelhos e coxa com os quadris (Ásana), mantendo a coluna vertebral sadia e com flexibilidade (Ásana).

O Yoga propõe exercícios que dão flexibilidade aos dedos dos pés, fortalecendo, ao mesmo tempo o arco do pé para uma boa sustentação. De baixo para cima, podemos partir do pé, reequilibrar as forças dos músculos, mantendo os joelhos numa posição correcta. Esse equilíbrio justo da perna permite o nivelamento da bacia e o trabalho preciso da articulação da coxa com a bacia.

O Yoga trabalha a flexibilidade da coluna vertebral: desde a região da nuca até o cóccix. A musculatura profunda da coluna vertebral, muitas vezes está rígida de tal forma que o eixo de gravidade modifica-se, favorecendo as caídas para a frente, tão frequentes nesta fase. O Yoga favorece altamente a flexibilidade da coluna, imprescindível para se ter mais conforto na vida.

Uma coluna vertebral macia e elástica é a garantia de uma boa posição que, além de prevenir as quedas, dá mobilidade e juventude.

Trabalha a visão e os olhos (Trátaka): Os exercícios para os olhos ajudam a manter a boa saúde da retina e das outras partes do olho, permitindo assim uma boa acomodação do olhar para ver melhor os degraus das escadas, as mudanças na altura do chão e para pisar firmemente.

E, além destes motivos, existem muitos outros para se fazer Yoga. Quem pratica de maneira regular vê os distúrbios leves, aos poucos desaparecerem: a digestão melhora, o sono é mais tranquilo, as dores musculares aliviam... Ao mesmo tempo são exercitadas a concentração e a memória.

O yoga aproxima cada um - aos poucos - do seu verdadeiro ser. A prática do Yoga não entra em conflito com os sentimentos religiosos, pelo contrário. A cada aula o corpo se torna um espaço mais sagrado onde a vida se manifesta.

Entrar na idade madura não quer dizer 'ficar doente'. Podemos ganhar anos, maturidade, sabedoria e experiência de vida, com saúde, bem-estar e equilíbrio - externo e interno.

 e ainda :

proporciona um sono biológico nocturno de qualidade,

Promove a saúde de uma forma global, é profiláctico,

Combate o stress,

Alonga os músculos motores e tonifica os esfíncteres (músculos em forma de anel),

Trabalha as articulações,

Treina a acuidade visual,

Estimula a circulação de retorno,

Fortalece o sistema imunitário, estimula o aparelho hormonal / endócrino,

Ensina para uma alimentação e uma vida mais saudável,

Fomenta o romper da solidão,

Ensina a manter o emocional positivo, estimula a sensação de auto confiança e felicidade, evitando depressões, aumenta a criatividade, levando o praticante a conviver com o melhor de si.